quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Hino Avenacional



Caros amigos,
O poeta Luiz Alfredo, com muita criatividade e talento, homenageia a Avifauna brasileira através da releitura do nosso hino nacional.
Para um Brasil que ainda devasta, engaiola e caça indiscriminadamente, o nosso apelo por atitudes mais conscientes de preservação da nossa fauna e flora.


Hino Avenacional
I
Ouviram o
uí pi as margens plácidas
de bandos de
pardais em brado retumbante,
e o
rouxinol em liberdade, cantos fúgidos
cantou no pau brasil nesse instante.
e o
quero-quero e o bem-te-vi
conseguiram cantar com bicos fortes
no seu peito, o
chico-preto,
desafiou o
curió a própria morte!

Ó
arara amada,
idolatrada,
salve salve!

Trigueiro um canto intenso,
sabiá vivido
beija-flor e a jaçana voou e a águia desce,
o teu famoso
tico-tico, pula para lá e para cá,
a imagem do
bandeirinha resplandece
bicudo pela própria natureza,
é belo, és forte,
patativa, choró boi, teu canto espelha essa grandeza.

terra avoada
entre outras mil,
és tu
canário da terra
Ó ave amada!
dos pássaros deste solo és passarim amarelim
aves levadas,
papagaios, galitos Brasil!

II

deitado eternamante em ninhos esplêndidos,
ao som do pantanal
gavião no céu profundo,
fulguras, ó
tuiuiú, florão da américa,
garça-brancas a mil voando pelo mundo!
do que
chauá e o carão,
teu anum, lindos
príncipes tem mais cores;
"nossos bosques tem mais pássaros,"
"nossa
jandaia" no teu seio "mais coleiros".

ó pátria da
juriti
idolatrada,
utiariti !
suiriri.

Brasil, de pássaros eternos seja símbolo
O
corrupião que ostentas estrelado,
e diga o verde-louro dessa mata
paz na
asa branca e glória no assum preto
mas, se ergues
pica-pau do bico forte,
verás que um
pintassilgo teu não foge à luta
nem um
uirapuru, quem te adora, a cigarrinha.

terra passarada,
entre outras mil,
és tu,
martim-pescador
ó
viúva amada
dos filhos deste solo és trigueiro gentil,
coruja amada,
grunil
tié-fogo
sangue de boi
coleiro
Brasil.
Luiz Alfredo


10 comentários:

✿ chica disse...

Belíssimo e talentoso trabalho em poesia.Linda união das aves e hino!! Parabéns ao poeta e beijos pra ti!chica

JAIRCLOPES disse...

Limerique

Colocou todas as aves no hino
Com maestria, talento e tino
Fizeram revoada
Aves homenageadas
Voaram como badalar de sino

VILMA PIVA disse...

Olá Elisa, que lindo fruto trouxe suas postagens para esse poema.
E ao sensivel Poeta Luiz Alfredo, meus parabéns pelo belo Hino Avenacional! Show!!

Aves dessa terra
gentil,ó passarada,
das planicies e serras!

Beijos!!

Cristiano Marcell disse...

Que toda revoada de todo nosso Brasil cante nesse 7 de setembro!

Muita paz!

Toninhobira disse...

Que arte Elisa!
Parabens ao amigo.
Grato pela partilha.
Abraços.
Bom fim de semana.
Bjo.

soninha disse...

Só nos resta levantarmos e aplaudirmos...e muito!! parabéns ao grande Luiz Alfredo.
abraços

Elisa T. Campos disse...

Mas que maravilhosa postagem, Elisa.
Aplausos ao amigo poeta Luiz Alfredo.
Uma linda homenagem. A natureza agradece.

Um lindo domingos para os dois.

Beijos.

Júllio Machado disse...

Muito legal!
caiu como uma luva em teu blog.
Beijos!

regina ragazzi disse...

SENSACIONAL!!!!!!Bjss

Centro Santos Dumont disse...

LIndíssimo trabalho .Maravilhoso!